Elemento Fire Dining

janeiro 31, 2020

Poucos dias antes do Natal visitei um restaurante maravilhoso no centro do Porto. Desde então tenho tentado encontrar as palavras certas para descrever a maravilhosa experiência que tive. Espero estar à altura.
Fica no início da rua do Almada. O restaurante tem a assinatura do chefe Ricardo Dias Ferreira, com um currículo invejável que vos falarei mais á frente.
Fui a um sábado, hora de almoço. O Elemento é um restaurante que só cozinha a fogo. Quando entramos um leve cheiro a madeira, é maravilhoso. O que os olhos veem também. O restaurante,  minimalista, decorado com madeira clara sem brilho, tons neutros e estofos verdes. Muito agradável. Paredes em granito bruto e aquele cheiro tão envolvente a lenha, que nos transporta para os cheiros de infância. Um cheiro muito suave.
Escolhi para entrada Vieira grelhada, o Rui pediu cavala curado em citrinos com molho de salsa e escabeche. Divinal. Para prato principal escolhi peito de pato com sementes de abóbora e cogumelos. O Rui pediu porco assado em forno a lenha. Claro que não podiam faltar as sobremesas. Pedimos para mim manga assada com canela fria e chocolate, para ele  Gengibre com chocolate e limão. Comi os dois claro! Ficaria lá um dia inteiro a comer. Cada prato que nos colocavam era mais delicioso que o anterior. Rapidamente percebi que tinha elevado demasiado a fasquia. Sou grande apreciadora de bons restaurantes. Tenho partilhado convosco alguns deles. Mas o Elemento não é um restaurante. É o melhor que a gastronomia tem para nos oferecer. Não é um restaurante para levar crianças. O ambiente é muito tranquilo, para verdadeiros amantes de novas experiências gastronómicas. Uma excelente sugestão para a semana dos namorados que se aproxima. Uma excelente escolha para qualquer dia que se queira mimar.  
Depois de almoçar estive à conversa com o maravilhoso chefe Ricardo e com a lindíssima Patrícia. Tinha de saber o origem de todo aquele conhecimento gastronómico. Com toda a amabilidade, o Chefe Ricardo Ferreira contou-me que tirou o curso na antiga escola de turismo das Olaias. Em 2006 rumou ao Algarve para a sua experiência, no Tivoli de Vilamoura. Foi para o Penhalonga, abriu o Yeatmen no Porto e deu o grande salto para o Martin Berasategui em San Sebastian, três estrelas Michelin. Volta a Portugal, para Torres Vedras mas pouco tempo depois voa para a Austrália. Fica por lá sete anos onde conhece a bela  Patrícia, Portuguesa também. A Patrícia é formada em marketing. O chefe Ricardo teve na Austrália 8 restaurantes a seu cargo. Ganhou vários prémios por terras Australianas. Já como chefe de cozinha do restaurante Altitude no 36º andar da cadeia Shangri-la , ganhou o prémio de melhor restaurante da Austrália pelo TAA Awards for Excellence. Foi também considerado o melhor restaurante Fire Dining da Ásia e Oceânea pelo prestigiado guia Britânico. O Altitude, a cargo do chefe Ricardo Dias Ferreira, foi também considerado o melhor restaurante da companhia Shangri-la em 2017. Competia com estrelas Michelin de Paris, Tóquio, Hong Kong.
Embora tivesse imensas propostas para chefiar os melhores restaurantes do mundo, O chefe Ricardo tinha um sonho. Abrir um restaurante, a Patrícia compartilhava o mesmo sonho. Desde novo que o Chefe Ricardo procurava o restaurante certo. Sportinguista de gema, achou Lisboa uma cidade muito confusa. Um dia, de visita ao Porto com a Patrícia, viu o n 51 da rua Almada. Sorte para o Porto ter um tão prestigiado Chefe na cidade.
Fiquei maravilhada com a experiência gastronómica que tive no elemento. Vou voltar, para desta vez almoçar na barra. Junto ao forno a lenha, junto à simpática equipa que partilha a cozinha com o chefe Ricardo. Fomos os primeiros a chegar para almoçar, os últimos a sair depois de uma agradável conversas onde conheci o percurso deste dois jovens muito simpáticos. Parece-me que da próxima vez serei a primeira a chegar e serei expulsa pois só abandonarei o elemento quando estiver a rebolar, deliciada com todas as sugestões que a carta tiver.
É uma responsabilidade muito grande escrever sobre este jovem casal. O restaurante Elemento está quase a comemorar o primeiro aniversário, já conta com uma placa vermelha do guia Michelin na porta. Quando lhes perguntei " para quando uma estrela?" a resposta foi tão deliciosa como o almoço. " sinceramente a minha ambição é dar o melhor produto todos os dias"
Parabéns Ricardo, parabéns Patrícia. ADOREI!
Beijos perfeitos, até breve
Manuela de Oliveira









You Might Also Like

0 comentários

Popular Posts

Like us on Facebook

HEAVY

Instagram